Ferramentas Pessoais
Acessar

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Navegação

Manifesto ANCIB sobre Portaria 1122 do CNPQ

MANIFESTO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ANCIB) E DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO AFILIADOS

 

 

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações publicou a Portaria nº 1.122, em 19 de março de 2020, em que estabelece suas prioridades de apoio às pesquisas de desenvolvimento de tecnologias e inovações, para o período 2020 a 2023, no intuito de alinhar a atuação ministerial ao Plano Plurianual da União (PPA) 2020-2023 e alcançar os objetivos e metas estabelecidos.

Considerando que a Portaria nº 1.122 estabelece como prioridade as áreas de “Tecnologias”, especificando-as em: estratégicas - espacial, nuclear, cibernética e segurança pública e de fronteira; habilitadoras - inteligência artificial, internet das coisas, materiais avançados, biotecnologia e nanotecnologia - de produção: indústria, agronegócio, comunicações, infraestrutura e serviços; para o desenvolvimento sustentável - cidades inteligentes, energias renováveis, bioeconomia, tratamento e reciclagem de resíduos sólidos, tratamento de poluição, monitoramento, prevenção e recuperação de desastres naturais e ambientais e preservação ambiental; para qualidade de vida - saúde, saneamento básico, segurança hídrica, e tecnologias assistivas, evidenciando que várias áreas fundamentais para o progresso da Ciência não foram contempladas.

Considerando que o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações deve propor políticas públicas científicas e tecnológicas que beneficiem o País em todas as suas demandas e necessidades.

Considerando que de fato é essencial estabelecer prioridades para o fomento à pesquisa, visando o desenvolvimento econômico, social e de sustentabilidade do País, portanto, nesse intuito, todos os campos científicos devem ser contemplados, uma vez que todos contribuem para o progresso da Ciência, para o desenvolvimento tecnológico, científico e inovativo que se deseja.

Considerando que a Portaria nº 1.122 não foi debatida com a comunidade científica antes de sua publicação, no intuito de compreender a importância estratégica de cada campo científico para o desenvolvimento do País.

Considerando que a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) já atua fortemente nas linhas de financiamento e de fomento voltadas às áreas de “Tecnologias”.

Manifestamos a necessidade de o País formar pessoal qualificado para atuar em distintas frentes voltadas ao desenvolvimento tecnológico, científico e inovativo e, portanto, destacar a essencialidade do apoio financeiro à pesquisa básica que resulte em conhecimentos que possam ser aplicados em curto, médio e longo prazos.

Manifestamos a necessidade de os programas gerenciados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), como o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica (PIBIC), sejam mantidos de maneira a contemplar todos campos científicos, visando o avanço e progresso da Ciência em todas as suas vertentes.

Manifestamos a necessidade de os editais abrangentes gerenciados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) como o Edital Universal e o Edital em Pesquisa e Inovação em Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas sejam mantidos, uma vez que também protagonizam o avanço e progresso da Ciência em todas as suas vertentes.

Manifestamos a necessidade de o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações rediscutir com a comunidade científica o apoio à Ciência Básica, às Ciências Humanas e às Ciências Sociais Aplicadas, uma vez que estas áreas são contribuidoras para o desenvolvimento econômico, social e sustentável do país.

 

São Paulo, 31 de março de 2020.

 

Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB)

Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação (ABECIN)

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação / Unesp

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação / UNB

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFPE

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFF

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFMG

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFES

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /IBICT-UFRJ

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFBA

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFSCar

Programa de Pós-Graduação em Gestão & Organização do Conhecimento /UFMG

Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio / MUSPA/ FABICO/ UFRGS

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFSC

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFS

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFRGS

Programa de Pós-Graduação em Gestão de Documentos e Arquivos /UNIRIO

 

Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação /UDESC

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFC

Programa de Pós-graduação em Artes, Patrimônio e Museologia / UFPI

Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia /UFCA

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação /UFAL

Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação / UFBA

Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia /UNIRIO

Pós-Graduação em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento /FUMEC

Mestrado Profissional em Gestão da Informação /USP

Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação / USP